Newsletter



Receba nosso Newsletter

Artigos

O que é a Dengue?

O vírus da dengue é transmitido pela picada da fêmea do Aedes aegypti, um mosquito diurno que se multiplica em depósitos de água parada.

Em 15 de Abril de 2015 por Ataerj

Dengue

O que é a dengue?
O vírus da dengue é transmitido pela picada da fêmea do Aedes aegypti, um mosquito diurno que se multiplica em depósitos de água parada. Existem 4 tipos de vírus e 3 formas diferentes das doença: dengue clássica, forma benigna, similar à gripe; dengue hemorrágica, estado mais agressivo, caracterizada por alterações da coagulação sanguínea; e a chamada síndrome do choque associado à dengue, forma raríssima, mas que pode levar à morte, se não houver atendimento especializado.
Em 2015 foram registrados 224.101 casos notificados de dengue no país até a semana epidemiológica de 01/03/15 a 07/03/15. A região Sudeste teve o maior número de casos notificados (145.020 casos; 64,7%) em relação ao total do pais. A análise das incidências (número de casos/100 mil hab.) por região demonstra incremento em 2015 em todas as regiões do país, com o Centro-Oeste e o Sudeste Apresentando as maiores incidências: 224,2 casos/100 mil hab.

Fique atento aos principais sintomas
Em adultos, a primeira manifestação é a febre alta (39º a 40º), de início repentino, associada à dor de cabeça, dores musculares, nas juntas, atrás dos olhos, vermelhidão no corpo (exantema) e coceira. Em um período de 3 a 7 dias, a temperatura começa a cair e os sintomas geralmente regridem, mas pode persistir um quadro de fraqueza durante algumas semanas. Em crianças, o sintoma inicial também é a febre alta acompanhada apatia, sonolência, recusa da alimentação, vômitos e diarreia.
A dengue na criaça pode ser assintomática ou apresentar-se como uma síndrome febril clássica viral, ou com sinais e sintomas inespecíficos: fraqueza, sonolência, recusa da alimentação e de líquidos, vômitos, diarreia ou fezes amolecidas. Nos menores de dois anos de idade, especialmente em menores de seis meses, sintomas como cefaléia, dor retro-orbitária, dor muscular e artralgias podem manifestar-se por choro persistente, fraqueza e irritabilidade, geralmente com ausência de manifestações respiratórias, podendo-se confundir com outros quadros infecciosos febris, próprios dessa faixa etária.

Tratamento
Não existe tratamento para o vírus da dengue, o que tratamos são os sintomas. A automedicação é totalmente desestimulada, pois, compostos como AAS (acido Acetilsalicílico) podem agravar o quadro da dengue. A maior e melhor providência que devemos tomar é, ao menor sinal da doença procurar um médico.

Como se prevenir
Uma das formas de evitar o contágio é a prevenção da multiplicação do mosquito através da reprodução. Preste atenção nos itens abaixo.

Como se prevenir da Dengue

Se você for viajar, verifique se a região apresentou muitos casos e se necessário faça o uso de repelentes.

Importante: Somente um profissional médico pode diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. As informações disponíveis neste material possuem apenas caráter educativo.

Fonte¹: Marsh
Fonte²: Ministério da Saúde/Dr.Dráuzio Varella

veja também

Benefícios da amamentação materna

A recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria é que até o sexto mês de vida, o bebê só receba amamentação exclusiva, apenas o leite materno.

28/03/2015

Enquete

Gostaram do novo site?

Queremos saber sua opinião!

Anote aí!

Redes Sociais


ATAERJ

Ataerj - Associação dos Trabalhadores e Aposentados da Ampla
Rua Visconde de Itaboraí nº 60 - Ponta d´Areia
CEP: 24030-091 - Niterói – RJ
Contatos: Tel: 21 2717-5775 ou 2717-5277 / Fax: 21 2621-2373

Desenvolvido por MaximumTI MaximumTI